Cruzando pontes pelo mundo (e sem sair de casa)

 

Em muitos destinos, as pontes têm mais do que a simples função de conectar regiões: são pontos turísticos e dignas de cartão postal. Para que você consiga viajar sem sair de casa – ou, melhor ainda, já ter uma ideia do que te espera quando a pandemia passar –, reunimos algumas de países como Estados Unidos, Inglaterra e Tailândia.

 

Tower Bridge – Londres, Inglaterra

 

 

Construída sobre o Rio Tâmisa e inaugurada em 1894, a ponte conecta os distritos de Southwark e Tower Hamlets.


Golden Gate Bridge – São Francisco, EUA

 

 

A ponte, que tem 2,7 km de extensão e 227 metros de altura, liga as cidades de São Francisco e Sausalito, ambas na Califórnia.


Veja também: 5 destinos em dias de neve para matar a vontade de curtir o inverno


Erasmus Bridge – Roterdã, Holanda

 

 

Inaugurada em 1996, a ponte de 800 metros atravessa o Rio Nieuwe Maas e conecta o bairro moderno de Kop van Zuid ao histórico Delfshaven.


Memorial Bridge – Bangkok, Tailândia

 

 

A ponte cruza o rio Chao Phraya e conecta as regiões de Phra Nakhon e Thonburi.

 


Brooklyn Bridge – Nova York, EUA

 

 

A ponte de 1.834 metros de extensão conecta a ilha de Manhattan ao bairro do Brooklyn. É possível fazer o trajeto andando, de bike ou de carro.


Charles Bridge – Praga, República Tcheca

 

 

A ponte de 500 metros atravessa o Rio Moldava e tem várias estátuas, o que torna o passeio ainda mais interessante. Conecta a Cidade Velha (Staré Město) à Cidade Pequena (Malá Strana).


Ponte Hercílio Luz – Florianópolis, Santa Catarina

 

 

Um dos cartões postais da cidade, a ponte tem extensão de 821 metros e liga a ilha ao continente. Após 28 anos interditada, foi reinaugurada no início deste ano.


Outras dicas de como viajar sem sair de casa você encontra aqui!

 

Foto do abre: Lukas Souza

Tagged , , , , , , ,