Viagem pós-coronavírus: os destinos que, pouco a pouco, estão voltando

 

[atualizado em 1/6/2020]

 

Com a desaceleração do coronavírus em algumas regiões do mundo, já há destinos prevendo a retomada de suas atrações para o público, obviamente com várias medidas e restrições.

Vamos atualizar este post conforme recebermos notícias de cidades e países. Caso você saiba de algo, nos escreva no Instagram ou no e-mail: vamos@alem.com.br

 

Aruba – Caribe

A ilha caribenha pretende abrir suas fronteiras para turistas entre os dias 15 de junho e 1º de julho.

 

Miami – Estados Unidos

A região pretende abrir suas praias no dia 1º de junho. O shopping Aventura Mall foi reaberto no dia 24 de maio.

 

St. Lucia – Caribe

A ilha começará sua primeira fase de reabertura no dia 4 de junho.

 

Bahamas – Caribe

A região pretende abrir suas fronteiras até ou em 1º de julho.

 

Israel

Reservas naturais e parques nacionais como Ma’ayan Harod, Caesarea e Masada já estão abertos. Museus devem voltar na próxima semana. Restaurantes e cinemas, só em junho.

 

Disneyland Shangai – China

Ainda que com algumas medidas – como limitação a 30% da capacidade e visitantes de máscaras –, o parque do Mickey em Shangai foi reaberto no dia 11. Se tudo correr como o planejado, os parques em outros países vão replicar as medidas.

 

Orlando – Estados Unidos

Localizada fora dos parques, no centro de Orlando, o Disney Springs, área de lojas e restaurantes da Disney começa seu processo de reabertura no dia 20/5.

O CityWalk Universal foi reaberto no dia 14/5 para 25% de sua capacidade.

Os parques da Universal, como Universal Studios Florida, o Universal’s Islands of Adventure e o Universal’s Volcano Bay, serão reabertos no dia 5 de junho tomando as devidas medidas em relação ao coronavírus. Os hotéis do Universal Orlando Resort serão reabertos em 2 de junho – os hóspedes poderão visitar os parques nos dias 3 e 4, ou seja, antes da reabertura oficial.

O Kennedy Space Center, centro espacial da Nasa que fica a 40 minutos do centro de Orlando vai reabrir suas portas no dia 28 de maio das 10h às 16h e com medidas restritivas.

A Legoland Florida, parque da Lego, será reaberto no dia 1º de junho.

O Sea World vai reabrir suas portas em 11 de junho.

A Disney anunciou hoje, dia 27/5, que pretende abrir seus parques a partir do dia 11 de julho. O plano é: 11/7 – Magic Kingdom e Animal Kingdom; 15/7: Hollywood Studios e Epcot.

 

Nova York – Estados Unidos

Os teatros da Broadway, em Nova York, onde acontecem os principais musicais dos Estados Unidos, não serão reabertos pelo menos até setembro, informou seu grupo de acionistas.

O The Mark Hotel, um dos hotéis mais luxuosos da cidade, vai reabrir suas portas no dia 15 de junho respeitando um processo rigoroso de segurança e higiene.

 

Antígua e Barbuda – Caribe

O destino tem previsão de abertura das fronteiras em 1º de junho.

 

Gramado – Rio Grande do Sul

Algumas atrações da cidade já estão com previsões otimistas. O parque Snowland divulgou que pretende abrir as portas ao público (com várias medidas restritivas) no dia 5 de junho.

Também estão abertas as vendas de ingressos no primeiro lote para o espetáculo de Natal da cidade, programa tradicional na serra gaúcha.

 

Los Angeles – Estados Unidos

As praias da cidade californiana foram abertas apenas para a prática de esportes. Algumas lojas e restaurantes já estão operando também, mas com restrições, como delivery e retirada.

No dia 27/5, a cidade liberou a reabertura do comércio com capacidade de 50%. A partir de 1/6 os restaurantes e salões de beleza poderão funcionar.

 

Foz do Iguaçú – Paraná

O prefeito da cidade assinou um decreto que permite que hotéis, bares e restaurantes sejam reabertos a partir de 12/5. No caso dos hotéis, até o dia 10 de junho, só poderão ser frequentados por viajantes executivos ou que estejam na cidade por “motivos pessoais”. Nesta data também estão previstas as reaberturas do Marco das Três Fronteiras e o Dreamland, onde ficam atrações como Vale dos Dinossauros, Ice Bar e Museu de Cera.

 

Fernando de Noronha – Pernambuco

A ilha, que está fechada para turistas desde o dia 17 de março, autorizou o acesso dos moradores às praias, mas com certas medidas de segurança: é permitido das 8h às 16h e com um distanciamento de 2 metros.

 

Costão do Santinho – Santa Catarina

O resort anunciou que vai reabrir suas portas, de forma gradual, entre os dias 10 e 14 de junho e nos finais de semana de 19 a 21 e 26 a 28/6. A partir de julho a previsão é de reabertura total.

 

Europa em geral:

Turista de outros continentes não poderão entrar na maioria dos países da Europa pelo menos até o dia 15 de junho. A partir dessa data, certos destinos poderão decidir se exigirão quarentena de 14 dias ou testes rápidos para COVID-19.

A Espanha, por exemplo, já anunciou que exigirá quarentena de 14 dias para turistas estrangeiros e espanhóis que estiverem voltando de outros países.

 

Portugal

A partir de 6 de junho, Portugal, que estava restrito apenas a turistas de alguns países, voltará a receber estrangeiros e sem a exigência de quarentena. Embora ainda seja obrigatório o uso de máscaras faciais em lugares públicos e manter o distanciamento social, a maioria das atrações do país, como museus, lojas e monumentos já estão funcionando.

 

Espanha

O país reabrirá suas fronteiras para turismo estrangeiro em julho.

 

Áustria

O país liberou hoje, dia 15/5, o funcionamento de cafés e restaurantes, porém com restrições: os funcionários devem usar máscaras; as mesas precisam estar a pelo menos um metro de distância; não devem sentar juntos mais do que quatro adultos (apenas se morarem juntos); e os estabelecimentos funcionarão até às 23 horas.

 

França

Para apoiar o turismo, a Primeiro-Ministro da França anunciou que os franceses poderão viajar nas férias de verão (agora em julho e agosto), mas apenas dentro do país.

A partir do dia 6 de junho, alguns museus, como o Palácio de Versalhes, começarão a reabrir gradualmente. O Museu de l’Orangerie voltará a funcionar em 22 junho e o Museu de Orsay, no dia 23.

Já o Louvre, um dos mais prestigiados e visitados do país, tem data prevista de reabertura para 6 de julho, enquanto o Centre Pompidou abre as portas dia 1/7.

 

Itália

O Primeiro-Ministro italiano anunciou que vai disponibilizar um bônus de até 500 euros para as famílias com renda anual menor que 40 mil euros para viajarem dentro do país. O valor poderá ser utilizado para pagar hospedagem em hotéis entre 1 de julho e 31 de dezembro de 2020.

 

Grécia

Um dos pontos mais visitados do país, a Acrópole de Atenas foi reaberta para turistas com algumas medidas restritivas. Os museus devem ser reabertos em 15 de junho.

Segundo o Primeiro Ministro do país, a Grécia prevê abertura para turistas no dia 1 de julho. No entanto, é provável que o destino, bastante badalado no verão, não esteja como os turistas esperariam: há chances de os bares não abrirem, assim como outras atrações que reúnam muitas pessoas.

 

Grand Canyon – Estados Unidos

O parque nacional no estado do Arizona começará seu processo de abertura no dia 15 de maio. O acesso será permitido das 6 às 10 horas da manhã para os mirantes e áreas de piquenique. As trilhas continuarão fechadas.

 

Bali – Indonésia

O governo anunciou hoje, dia 15/5, que a ilha de Bali prevê sua reabertura para turistas em outubro.

 

Porto Rico

O país vai começar a reabrir suas praias, bares, shoppings e restaurantes a partir do dia 26/5.

 

 

(atualizaremos conforme novidades forem surgindo).

 

Foto: Hu Chengwei/Getty Images


Você encontra todo o conteúdo que estamos publicando sobre viagens em tempos de coronavírus aqui.

Siga a Além no Instagram: @alem.com.br

Tagged , , , , ,