Algumas das livrarias mais legais do mundo

 

Quem gosta de ler dificilmente resiste a visitar livrarias icônicas durante as viagens. Mas tem umas que, de fato, não dá para deixar de conhecer. Reunimos aqui, então, algumas das livrarias mais legais do mundo em países como Portugal, França, Japão e Estados Unidos.

Mais do que lojas de livros, elas já se tornaram símbolos dos destinos. E a boa notícia é que a maioria está bem presente online, então dá para já sentir um gostinho de como são mesmo em tempos de quarentena. Viajar sem sair de casa que chama, né?

Já salve e coloque no roteiro da próxima viagem!

 

Shakespeare and Company – Paris, França

 

Shakespeare and Company
Foto: Luiza Terpins

São vários os motivos para visitar a Shakespeare and Company, pequena livraria em atividade desde 1951. O primeiro, é que fica em frente à Catedral de Notre Dame. O segundo é que é um programa clássico de Paris: enquanto uns vão para comprar livros e outros para participar dos eventos literários que acontecem por lá, há quem vá simplesmente para conhecer a livraria que, desde seu início, já hospedou (sim!) mais de 30 mil jovens – e na época desconhecidos – escritores em Paris, entre eles Alan Sillitoe e Robert Stone.

É que quando fundou a Shakespeare and Company, George Whitman tinha o desejo de também transformá-la em um local que recebesse artistas que iam para Paris em busca de oportunidades no meio literário. Então, eles ajudavam no atendimento dos clientes durante o dia e, à noite, dormiam entre as prateleiras em bancos que viravam camas.

 

livrarias legais pelo mundo Shakespeare and Company
Foto: Shakespeare and Company / Reprodução

O terceiro motivo é que em 2015 a livraria ganhou um anexo: o café da Shakespeare and Company. Quem pede algo para comer e senta nas mesinhas de fora, tem essa vista abaixo para a Catedral Notre Dame. Ou seja: tem que ir.

 

cafe Shakespeare and Company
Foto: Luiza Terpins

Onde: 37 rue de la Bûcherie, Paris.

Barter Books – Alnwick, Inglaterra

 

livrarias legais do mundo Barter Books
Foto: Visit Alnwick/Divulgação

Fundada em 1991, a Barter Books já é, por si só, interessante, pois fica dentro de uma enorme estação de trem projetada em 1887. E o legal é que ainda mantém um pouco do estilo daquela época.

Considerada uma das maiores livrarias da Europa, recebe cerca de 350 mil visitantes por ano. Um fato curioso: em 2000, o dono encontrou, em uma caixa de livros comprada em leilão, um pôster original da época da 2ª Guerra Mundial com a frase Keep Calm and Carry On – que virou hit desde então. O cartaz está colado em uma das paredes do local.

 

Barter Books
Foto: Barter Books/Reprodução

Dá para passar horas por lá entre os vários espaços cheios de estante – há uma sala dedicada às crianças e um café onde servem diversos sabores de scones, o bolinho típico inglês favorito da Rainha Elizabeth, por exemplo. No inverno, as lareiras dão um charme a mais no ambiente, por isso, não se preocupe com o clima.

Onde: Alnwick Station, Wagon Way Rd, Alnwick.

 


El Ateneo – Buenos Aires, Argentina

 

livraria el ateneo
Foto: Turismo de Buenos Aires/Divulgação

Imagine uma livraria dentro de um teatro clássico. Não precisa ir muito longe: a El Ateneo do bairro da Recoleta, em Buenos Aires, é justamente isso. Inaugurada no ano 2000, ela ainda mantém o estilo arquitetônico do Teatro Grand Splendid, construído em 1919 e onde aconteceram muitas apresentações de tango – antes de dar espaço para a livraria, também foi um cinema.

São cinco andares repletos de livros e história. Não à toa, já foi considerada pelo jornal britânico The Guardian uma das livrarias mais bonitas do mundo.

 

Onde: Av. Santa Fe 1860. Buenos Aires.


Librería Altaïr – Barcelona, Espanha

 

libreria altair
Foto: @altairllibreria / Reprodução

Especializada em viagem, a Altaïr é daquelas paradas quase que obrigatórias para viajantes. São várias prateleiras com mais de 60 mil títulos entre guias, mapas e livros que se passam em destinos. Fundada em 1979, conta com espaço para que as pessoas sentem e fiquem horas por lá viajando pelas páginas dos livros e planejando o próximo embarque.

Outro destaque é o Altaïr Café, que serve doces típicos de outros países, chás e salgados. Há quem aproveite o local e sua atmosfera para fazer aulas de idiomas – o wifi é grátis. Daqueles programas que duram horas.

 

livraria altair-cafe
Foto: @altairllibreria / Reprodução

Onde: Gran Vía, 616, Barcelona


Livraria Simples – São Paulo, Brasil

 

livraria simples
Foto: @livraria_simples / Reprodução

Localizada em uma charmosa casinha no bairro da Bela Vista, região central de São Paulo, a Livraria Simples vende livros novos e seminovos, além de também abrir espaço para trocas – as feirinhas aconteciam normalmente aos sábados. Em tempos pré-pandemia, organizava eventos como oficinas de contos e shows. Uma sala com mesa de futebol de botão é outra atração do local. Por conta do Covid-19, as vendas, claro, continuam apenas pela internet.

Onde: Rua Rocha, 259 – Casinha Azul – Bela Vista, São Paulo


Strand Book Store – Nova York, Estados Unidos

 

livraria strand books
Foto: @strandbookstore / Reprodução

Considerada a maior livraria indie de Nova York, a Strand, no bairro de East Village, foi inaugurada em 1927 e conta com cerca de 2.5 milhões de títulos novos e usados de temas que vão de filosofia a ficção científica. Mas não é só isso: também recebe eventos literários (só em 2019, foram 349 – imagina quantos não estavam programados para 2020…).

O local é tão característico da cidade que, desde 2017, o dia 26 de junho foi declarado pelo prefeito como “Strand Day” – ou seja: é uma data oficial do calendário de Nova York. Além dos livros, vende objetos e acessórios relacionados a literatura e souvenirs próprios, como a tote bag citada pela Maria Clara Villas na nossa seção Trouxe na Mala.

 

livraria strand book
Foto: @strandbookstore / Reprodução

Seus fãs são tão fiéis que já virou comum ter celebrações de casamentos em um dos espaços da livraria, como mostra a foto abaixo.

 

 

Onde: 828 Broadway, Nova York.


Ler Devagar – Lisboa, Portugal

 

ler devagar livraria
Foto: @lerdevagar / Reprodução

Fundada em 1999, a livraria chama atenção não só pelo vasto acervo de livros (são mais de 40 mil títulos distribuídos em 600 m2), mas também pelos eventos e iniciativas que recebe durante o ano.

Localizada no LxFactory, espaço considerado pólo da indústria cultural de Lisboa, a Ler Devagar tem outro charme: a enorme estante de livros que ocupa um pé direito de 14 metros.

Seja pela beleza do local ou para comprar livros, esse é um programa que vale a pena fazer quando estiver em Lisboa.

 

 

Onde: Rua Rodrigues Faria. n.º 103, Lisboa.


Tsutaya Books – Tóquio, Japão

Quem leu o post Como não passar perrengues em Tóquio, escrito pela Helena de Castro, vai lembrar dessa livraria que fica no badalado bairro de Ginza, em Tóquio.

 

tsutaya books livraria
Foto: Helena de Castro

É um programa e tanto para quem gosta de literatura e arte em geral, afinal, são mais de 60 mil livros que passaram por uma curadoria e estão divididos em seções de design, moda, viagem, cultura japonesa e arquitetura, por exemplo.

Também há milhares de álbuns, revistas importadas e filmes. Por isso, nem precisa dizer que quem visita o local acaba passando horas por lá, né? Ou seja: vá sem pressa.

Onde: 6-10-1 Ginza, Chuo-ku, Tóquio.


 

Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,