Lojas de museus no Brasil e no mundo que valem a visita

 

Seja para passear ou para trazer alguma lembrança da exposição e do destino, visitar as lojas de museus pode ser uma atração à parte – e uma perdição para quem gosta de fazer umas comprinhas. Para você já planejar as próximas viagens, selecionamos lojas de museus no Brasil e no mundo que valem o passeio. Olha só:

 

Bauhaus-Archiv, Berlim

 

lojas de museus

 

Leve um pouco do design modernista alemão para casa: na loja do Bauhaus-Archiv, em Berlim, há desde livros a joias e itens de decoração, como relógios, luminárias e móveis.


Casa Batlló, Barcelona

 

lojas de museu

 

Um dos principais pontos turísticos de Barcelona, a Casa Batlló, projetada por Antoni Gaudí, vende de itens básicos inspirados nas obras do arquiteto, como canecas e decoração em cerâmica, a mobílias – miniaturas e em tamanho real!


MIS, São Paulo

Quando for a alguma mostra temporária do MIS, não deixe de parar na lojinha ao fim da visita: você irá encontrar produtos exclusivos relacionados à exposição atual.


Museu Van Gogh, Amsterdã

Van Gogh está muito bem representado na lojinha de seu museu. Prepare-se para querer levar tudo para casa: há cadernos, carteiras e lenços a decoração para casa e roupas de cama com a temática das flores e do céu estrelado do pintor holandês.


MoMA, Nova York

 

lojas de museus
Foto: curbed.com/Reprodução

O passeio “para dar uma olhadinha” na loja do MoMa em Nova York pode durar horas: são milhares de livros, reproduções de arte, cartões postais e objetos de design à venda, como móveis, brinquedos, roupas e acessórios.

Apesar de ter mais de uma loja do MoMa na cidade, a que fica dentro do museu, claro, é a mais legal.


Museu Frida Kahlo, Cidade do México

O colorido das pinturas da mexicana Frida Kahlo está em reproduções e obras contemporâneas na “tienda” do Museu Frida Kahlo. Há também livros, artigos de papelaria, roupas e cartões postais.


Oficina Brennand, Recife

As cerâmicas da oficina do artista pernambucano Francisco Brennand podem viajar do Recife para os ambientes da sua casa. Aproveite para pedir um café com bolo enquanto escolhe o seu próximo jogo de pratos ou taças.


The Broad, Los Angeles

 

lojas de museus

 

No The Broad, o passeio tem um prestígio a mais para os fãs de arte contemporânea: os pôsteres, esculturas, bolsas e outros itens como brinquedos e jóias são de edição limitada.


Veja também: Trouxe na mala – as lembranças de Maria Clara Villas


Palais de Tokyo, Paris

 

lojas de museu

 

Quem gosta de livros e revistas de arte, design, arquitetura e moda não vai querer sair das prateleiras da lojinha do Palais de Tokyo. São 450 m2 recheados de títulos de diversos países – além, claro, de objetos modernos que vão desde itens de decoração a garrafas térmicas assinadas.


Stedelijk Museum, Amsterdã

Na loja do Stedelijk, que tem um dos maiores acervos de arte contemporânea e design gráfico da Holanda, o que não faltam são livros incríveis sobre arte e design, além de outros produtos – desde camisetas e bolsas até móveis.

 

Foto do abre: Noah Kalina/MoMa NYC

Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , ,