Mercados pelo mundo para conhecer

 

Para quem gosta de experimentar temperos, ingredientes e a gastronomia local quando viaja, vale a pena incluir no roteiro a visita aos mercados centrais dos destinos. Lá, você encontra não só uma variedade de produtos típicos, como tem contato com a cultura da região. Para te ajudar, selecionamos algumas mercados pelo mundo para você conhecer!

 

Belém (PA)

 

mercados pelo mundo
Foto: Luiz Braga

Na capital do Pará está um dos mais antigos mercadões do Brasil: inaugurado em 1625 às margens da Baía de Guajará, o Ver-o-Peso teve seu conjunto arquitetônico reconhecido em 1977 pelo Iphan. Nele, é possível comprar produtos amazônicos, como peixes, ervas e óleos medicinais, frutas e artesanato. Pratos típicos também são encontrados por lá, como tacacá, maniçoba e açaí.

Saiba mais aqui.


Curitiba (PR)

 

mercados pelo mundo
Foto: Facebook/Reprodução

O Mercado Municipal de Curitiba surpreende não apenas pela qualidade e organização das frutas, verduras, embutidos, temperos e bebidas, mas também pelos anexos: além de seus restaurantes no andar superior, ele é vizinho do mercado de orgânicos da cidade, que vende de alimentos a roupas e cosméticos naturais.

Saiba mais aqui.


Aracaju (SE)

 

mercados pelo mundo
Foto: Ascom/Setur

Vá com tempo: no centro da capital sergipana, há três grandes mercados, um ao lado do outro. Aproveite os peixes, frutas e castanhas típicas do Nordeste no mercado Virgínia Franco, e, depois, artesanato de barro, couro e palha nos mercados Thales Ferraz e Antônio Franco. No andar superior do Thales Ferraz, o almoço no restaurante Caçarola tem vista para o rio Sergipe.

Saiba mais aqui.


Belo Horizonte (MG)

 

mercados pelo mundo
Foto: Divulgação

Os ícones da gastronomia mineira são encontrados no Mercado Central de Belo Horizonte, aberto em 1929: você certamente vai querer levar para casa as diversas opções de temperos, queijos, cachaças e doce de leite. Durante a visita, você também pode conferir as lojas de artesanato, e, claro, dar uma pausa para um cafezinho com pão de queijo.

Saiba mais aqui.


Buenos Aires (Argentina)

 

mercado central
Foto: La Verdad/Reprodução

O Mercado Central de Buenos Aires vende mais de 100 mil toneladas de frutas e verduras por mês. O acesso aos ingredientes de qualidade inspira muitos chefs de cozinha, entre eles Pato Rodriguez, que resolveu abrir no espaço o quiosque Las chicas de la 3, que tem como carro-chefe a tortilha com muito queijo. A história de Pato e do espaço ganhou destaque na série Street Food: América Latina, da Netflix.

Saiba mais aqui.


Budapeste (Hungria)

 

mercados pelo mundo
Foto: budapestmarkethall.com

O Great Market Hall foi construído em 1897 no centro da capital húngara. Restaurado na década de 1990, ele possui três pavimentos: no subsolo, há açougues e peixarias, no térreo, frutas, legumes, embutidos e queijos, e, no andar superior, lojas de artesanato e restaurantes com pratos típicos, como strudel de cereja com semente de papoula.

Saiba mais aqui.


São Francisco (EUA)

 

mercados pelo mundo
Foto: San Francisco Ferry Building/FB

Vá com fome para experimentar as delícias do reduto de restaurantes do Ferry Building Marketplace, como pães, vinhos, chocolates e petiscos. Também há lojas de utensílios para casa e temperos. Atrás do mercado, aproveite a vista para a Oakland Bay Bridge e a estação de ferries, que embarcam com destino a Tiburon, Larkspur e Sausalito.

Saiba mais aqui.


Tel Aviv (Israel)

 

mercados pelo mundo
Foto: Bec S.

No Shuk HaCarmel, é possível comprar temperos, azeites e vinhos e experimentar pratos típicos do Oriente Médio – como a massa jachnun, do Iêmen, feita à mão. Aproveite também as lojas de doces, frutas e cafés torrados na hora. Para os amantes de cosméticos e skin care, há produtos feitos à base de óleo de argan e de minerais do Mar Morto.

Saiba mais aqui.


Veja também: Lojas de discos incríveis pelo mundo

Tagged , , , , , , , , , ,