Como vai ser visitar a Mona Lisa daqui para frente

 

Com a reabertura de grandes museus como o Louvre, em Paris, que acontece amanhã (6/7), teremos uma ideia de como será a experiência em espaços turísticos movimentados – antes da pandemia, o museu costumava receber 10 milhões de visitantes por ano, sendo 80% de estrangeiros. Ficar cara a cara com a Mona Lisa vai ser diferente. Olha só:

 

museu louvre

 

Hora marcada

O Louvre anunciou que os visitantes terão que reservar online um horário específico para entrar no museu.

Desde que as reservas foram abertas, em 15/6, mais de 12 mil pessoas já agendaram uma data.

Máscaras

É obrigatório o uso de máscara no museu – também haverá álcool gel na entrada.


Veja também: O que muda na experiência na Disney pós-pandemia


Mona Lisa

A sala onde fica a obra de Leonardo da Vinci agora será demarcada com linhas e espaços mínimos entre os visitantes. O lado bom é que aquela aglomeração comum não vai mais acontecer.

Agora, os visitantes permanecerão em uma das duas linhas por cerca de 10 a 15 minutos. Cada pessoa terá a chance de ficar na frente da Mona Lisa e vê-la a uma distância de mais ou menos três metros.

 

mona lisa vai ser diferente
Foto: Julien Mignot / The New York Times

Sem mapas

Algumas áreas do museu, como onde ficam as esculturas francesas da Idade Média e do Renascimento, permanecerão fechadas por enquanto.

Para se guiar, os visitantes terão que baixar no site o mapa atualizado com as mudanças. Não será mais disponibilizado a versão impressa.


Veja também: Medidas de reabertura curiosas ao redor do mundo

Tagged , , , , , ,