Morando em Los Angeles, Mayte Carvalho indica seus lugares favoritos

A publicitária e empresária paulista Mayte Carvalho* acabou se de mudar para Los Angeles, onde assumiu o posto de diretora de estratégia de negócios na TBWA e atua na cena de inovação e startups de Silicon Beach.

Praticamente já uma insider na cidade californiana, ela contou para o guia além quais são seus lugares favoritos:

Los Angeles é uma meta-cidade: existem várias Los Angeles dentro de L.A.

Existe a laid back e praiana, uma vibe easy chic-hippie aos moldes de Venice e Santa Monica. Existe a L.A. posh, que parece um videoclipe: Beverly Hills, Bel Air…e existe a efervescência colorida de West Hollywood, como chamamos aqui carinhosamente de WeHo.

Acho que um dos motivos que me fez querer mudar para Los Angeles foi poder viver personas diferentes em cada um desses lugares. Sempre flertei com diferentes estilos e acho que aqui me sinto autorizada e legitimada a gozar do pleno exercício de poder ser quem eu quiser e quando eu quiser.

 

View this post on Instagram

Blessed 🙏🏼

A post shared by Mayte Carvalho (@mayte_carvalho_) on

Meus lugares favoritos aqui são:

1. Flea market da Abbot Kinney

A rua mais charmosa de Los Angeles na minha opinião. No coração de Venice Beach, super artsy e instagramável (grafittis por todos os lados). Essa feirinha à céu aberto tem pins dos anos 60/70, jaquetas varsity autênticas, crafts e semi-joias incríveis. Leve dinheiro vivo.

Onde: 1010 Abbot Kinney Blvd. Todos os sábados às 10h.


2. Amoeba music store em Hollywood

 

o que fazer em los angeles

A groupie rock-farofa que habita em mim grita quando a gente entra nesse templo. Discos, dvds, camisetas de banda… pense num parque de diversões para adultos entusiastas de boa música! É isso: uma loja ENORME para você passar uma tarde inteira entre discos de vinil e livros.

Onde: 6400 Sunset Blvd | Amoeba Music


3. Ultra smashed burger do In-N-Out Burger

 

Um clássico da Califórnia, a melhor relação custo beneficio para quem ama ultra smashed burger [hambúrguer prensado].  Com 7 dólares você faz um banquete de rei!

 

maytê carvalho

 

Onde: Tem várias unidades em Los Angeles. Procure no site: https://www.in-n-out.com/ 


4. Hemp avocado toast do Little Ruby’s

 

little ruby's

Com salmon smoked e sementes de maconha, o melhor avocado toast da Califórnia, sem dúvidas. Avocado toast é tipo o pão na chapa da galera aqui, comida típica de café da manhã e brunch. Se for na hora do brunch, peça mimosas! Existe também a opção bottomless mimosas: open bar!

Onde: 109 Santa Monica Blvd | Little Ruby’s


5. Misfit bar em Santa Monica

O lugar era um antigo banco nos anos 20 e tem uma vibe super spooky/decadence avec elegance. Vá e peça as batatas fritas (as mais finas e secas que já comi na vida!). Se puder, prove também o crispy chicken sandwich – com maionese orgânica, claro. Tudo aqui é orgânico e de produtores locais. Vá se acostumando! Ah, e vegan! Se for ao Misfit à noite, qualquer drink da carta de drinks impressiona!

o que fazer em los angeles

Onde: 225 Santa Monica Blvd, Santa Monica | Misfit Bar


6. Comer no supermercado natureba Erewhon

Tem em Santa Monica e Venice! Tudo muito delicioso e um pouco caro, mas você encontra as comidas mais frescas e deliciosas de Los Angeles lá.

Onde: 7660 Beverly Blvd. | Erewhon Market


7. Casa Modena

É um restaurante que vende trufas negras e trufas brancas para os melhores restaurantes de Los Angeles. Eles trazem as trufas da Itália, então você compra a preço de banana (do Brasil, porque aqui bananas são uma fortuna haha). O preço é inacreditável de tão barato e são as melhores que eu já comi.

onde comer em los angeles

Onde: 11800 Jefferson Blvd | Casa Modena


Sobre a viajante:

*Mayte Carvalho é diretora de estratégia de negócios na TBWA, em Los Angeles. Eleita pela Revista GQ da Editora Globo uma das seis grandes mulheres líderes de startup do Brasil, fundou a plataforma Beleza de Farmácia, que chegou a ser app número um na AppStore. Foi líder de inovação na ACE Startups, melhor aceleradora de startups da América latina.

“Viajar bem, para mim, é reconhecer-se no que é estranho e diferente. Se te toca, torna-se teu também. Sempre fico muito impressionada em como culturas tão diferentes, com estruturas sociais diferentes e historias únicas podem ter tanto em comum. Me reconheço naquilo que sequer conhecia. No fim das contas, trata-se de entender-se humano.”

Tagged , , , ,