Dicas de quem mora lá: O que fazer em Dublin, na Irlanda

 

Nada melhor do que receber dicas de um destino de quem vive lá. A fotógrafa paulista Clara Morisson, criadora do perfil @miss_morisson_in_the_house, já morou nos Estados Unidos, na Inglaterra e na Espanha e, desde 2014, vive em Dublin, na Irlanda. Ela compartilhou com a gente 5 de seus programas favoritos na cidade. “Meu foco são os rolês lowcost para mostrar que é possível viajar e economizar”, diz. De bônus, também indicou os melhores lugares da capital irlandesa para fotografar (alô, instagrammers!). Quer saber o que fazer em Dublin? Então veja abaixo!

Explorando o Botanic Gardens

 

o que fazer em Dublin
Foto: Clara Morisson

Dublin tem muitos parques e jardins incríveis! O Phoenix Park é o mais conhecido por ser o maior, porém o Botanic Gardens/Jardim Botânico que fica mais escondidinho é muito charmoso e bem frequentado por locais!

Depois de um dia cansativo pelo centro da cidade, dê um pulo no Botanic Gardens pra um bom descanso e explore a estufa, os jardins, as variedades da fauna e flora! E o melhor, a entrada é gratuita!

Quanto: Explorar o Botanic Gardens é gratuito.


Partiu praia irlandesa?

 

o que fazer em dublin
Foto: Clara Morisson

Alugue uma bike e pedale até a praia de Sandymount (cerca de 6km do centro) para um picnic delícia com vista para as torres The Twins, cartão postal da cidade.

A bicicleta é o melhor transporte de locomoção por aqui! Além de rolar muito respeito para com os ciclistas, a cidade é bastante plana, o que facilita a locomoção!

Importante: ciclofaixa durante todo o percurso centro/sandymount.

Quanto: 5€ a diária de aluguel da bike em Dublin (app bleeperbike).


Trilha Bray/Greystones

 

o que fazer em dublin
Foto: Clara Morisson

Para chegar em Bray, é só pegar o trem na estação Connolly Station, no centro da cidade. Se prepare para vistas de tirar o fôlego!

A caminhada dura cerca de 2 horas. Tudo muito bem sinalizado, trilha super segura! E ative o GPS com destino ao Happy Pear, um restaurante natural em Greystones com produtos cultivados pelos mesmos, pra fechar o rolê com chave de ouro!

Depois é só pegar o trem em Greystones de volta pra Connolly Station (Dublin!).

 

o que fazer em dublin
Foto: Clara Morisson

Quanto: 5€ bilhete do trem ida e volta. | 12€ menu do dia + drink no Happy Pear.

 

 

Hora do pôr do sol no Canal de Portobello, em Rathmines

 

Além de ser uma área bem movimentada e frequentada por estudantes, é um bairro muito cool que merece ser explorado! Muito verde!

 

o que fazer em dublin
Foto: Clara Morisson

Muitas opções de restaurantes, brechós, pubs e lojas…e bem próximo do centro de Dublin! A caminhada centro/Rathmines é muito agradável e com lugares bem interessantes!

 

o que fazer em dublin
Foto: Clara Morisson

Quanto: 0€ para assistir ao por do sol em Portobello.


Frutos do mar em Howth

 

o que fazer em dublin

 

Vá para Howth para uma tarde delícia de frutos do mar e drinks! Howth é um charme! Um bairro costeiro pertinho de Dublin, cheio de bares, peixarias e restaurantes!

O lugar certo pra encontrar frutos do mar frescos direto do barco dos pescadores – além de feirinhas de comida e artesanato aos finais de semana.

Trens e ônibus para Howth com saídas também da estação Connolly ou centro de Dublin.

Quanto: 5€ bilhete do trem ida e volta Dublin/Howth.


Onde fotografar em Dublin

 

clara morisson

 

– Iveagh Gardens
O jardim dos sonhos! Localizado no centro de Dublin é um dos meus lugares favoritos para fotografar. Roseiral, cachoeira (artificial, mas tem!), fontes e muito verde! Belos cenários para fotos!

– Temple bar
O bairro mais charmoso e fotogênico de Dublin! Ruelas coloridas, arte, arquitetura e muita história!

– Dublinea
Uma área muito rica em história! A Christ Church e a Catedral de Saint Patrick não me deixam mentir! Fotos lindas garantidas com sucesso! Keep exploring!

 

Veja também: 5 aplicativos para editar fotos de viagem


Sobre a viajante:

o que fazer em dublinClara Morisson é fotógrafa de luz natural e vive em Dublin desde 2014. Nascida em Barra Bonita, interior de São Paulo, é formada em Publicidade e Criação e fotografia (pela Central Saint Martins, em Londres). Trabalhou como produtora executiva, assistente de produção de moda e assistente de conteúdo criativo para internet em São Paulo. Já na fotografia, foi assistente de um renomado fotógrafo brasileiro e coordenadora de estúdio em agência de conteúdo para internet. Já viajou para 30 países e morou em outros três.

“Viajar foi minha verdadeira descoberta como fotógrafa! Precisei sair da minha zona de conforto pra entender que a fotografia sempre esteve presente na minha vida! Só não tinha entendido isso ainda. Registro esse mundão pra inspirar as pessoas a saírem da zona de conforto, de sua bolha.”

Tagged , , ,