Vinho e viagem: as 10 melhores vinícolas do mundo

 

Gosta de vinho? Você não está nada só: a bebida tem sido uma das preferidas dos brasileiros na pandemia. Segundo a Associação Brasileira de Sommeliers do Rio Grande do Sul, a venda de vinhos nacionais cresceu 39% de janeiro a abril em comparação ao mesmo período no ano passado. A tendência também se mostrou forte nos Estados Unidos, onde a procura cresceu 27,6% segundo o The Drinking Business. Para quem deseja ir além e fazer um combo vinho + viagem quando a situação melhorar, reunimos aqui as 10 melhores vinícolas do mundo em 2020 de acordo com a World’s Best Vineyards.

A boa notícia é que a número 1 fica aqui pertinho!

 

10 – VIK Winery (Chile)

 

melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Tudo começou em 2006, quando, na busca pelo melhor lugar para produzir um ótimo vinho, Alexander Vik, empresário da Noruega, adquiriu 4.325 hectares no Chile, mais precisamente no Valle de Millahue, e fundou a VIK, que não se destaca apenas pela bebida: a arquitetura da vinícola também chama atenção.

Como a maior parte do edifício está localizada no subsolo, o vinho é resfriado naturalmente durante o processo de produção, mantendo uma temperatura constante usando a amplitude térmica natural do vale. O teto de tecido, o elemento arquitetônico mais importante visto de fora, dá a impressão de uma enorme asa branca suspensa acima da adega subterrânea. O projeto é do arquiteto Smiljan Radic.

Visitar a vinícola também vale pelo passeio gastronômico: sob comando do chef Rodrigo Acuña Bravo, os pratos, todos feitos com ingredientes orgânicos cultivados lá mesmo, fazem referência aos sabores do Chile.


9 – Antinori Nel Chianti Classico (Itália)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo

 

Difícil ir à Itália e não experimentar um vinho italiano. Se for à Toscana, já sabe: a Antinori Nel Chianti Classico, inaugurada em 2013 e pertencente a tradicional família Antinori, que já produz a bebida há séculos, vale o passeio.

Além de ter uma arquitetura incrível – faz parte da Toscana Wine Architecture, uma associação que une vinícolas únicas e originais projetadas por famosos arquitetos contemporâneos –, o espaço foi projetado para ter baixo impacto ambiental e economia máxima de energia.

No subsolo, a vinícola foi projetada para vinificação com fluxo por gravidade – um método que permite o manuseio suave das uvas e a preservação de seus compostos aromáticos exclusivos. Fazem parte do passeio, também, degustações de vinhos, visita ao museu aonde está a coleção de arte contemporânea da família, e ao restaurante do local.

Não é à toa que está entre as 10 melhores vinícolas do mundo.


8 – Quinta do Crasto (Portugal)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Localizada na margem do Rio Douro, a 600 metros de altitude, a Quinta do Castro se destaca pela produção de vinhos do Douro e do Porto. É a mais antiga vinícola regulamentada do mundo e, desde 2001, está classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Eles recebem anualmente cerca de 5.500 visitantes, sendo a maioria do Brasil e de outros países da Europa. Entre as atrações do passeio, estão degustação de vinhos e visita ao laboratório onde é realizado o processo de controle de qualidade.

É possível chegar de carro, metrô, helicóptero e barco, num passeio pelo Rio Douro.

 

Malas Além: Check-in M e Check-in G para quem não abre mão de espaço

 

7 – Château Smith Haut Lafitte (França)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Localizada em Bordeaux, na França, a vinícola Château Smith Haut Lafitte cultiva uvas vermelhas e brancas. O passeio vai além do próprio vinho: os visitantes podem aproveitar uma experiência diferente como um todo, com workshops, degustações e atividades sensoriais. No espaço há castelo, hotel e até spa de luxo.


6 – Bodegas de los Herederos del Marqués de Riscal (Espanha)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Nada mais que a vinícola mais antiga da região de Rioja – foi fundada em 1858 –, a Bodegas de los Herederos del Marqués de Riscal é rodeada por extensas vinhas e incorpora um dos projetos de hotel mais audaciosos que se possa imaginar, com 43 quartos luxuosos e spa com atividades de vinoterapia. Por essas e outras, está entre as 10 melhores vinícolas do mundo.

Destaque para a Botellería Histórica, adega do local que abriga vinhos de todas as safras desde a primeira colheita em 1862.


5 – Robert Mondavi Winery (Estados Unidos)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Uma combinação de vinhos californianos e franceses: esta é uma ideia do que é a Robert Mondavi Winery, localizada na região de Napa, na Califórnia. Aqui, o forte são Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc. O lugar, claro, é uma atração a parte: tem obras de arte, festivais de música, degustações e restaurantes para os visitantes passarem horas entre os vinhos.

Para quem visita pela primeira vez, vale começar pelo Signature Tour and Tasting, que oferece um passeio profundo pelas vinícolas, com caminhada guiada pelas vinhas e adegas, seguida de uma degustação.


4 – Montes (Chile)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Reprodução/Facebook

Entre os Andes e o mar, a vinícola de Montes oferece três passeios pelos quais você pode mergulhar profundamente no terroir chileno e na elaboração dos vinhos da região. Uma característica interessante do lugar é que ela foi desenhada com base em Feng Shui.

Antes da degustação, vale a pena fazer uma trilha de 6 quilômetros pelos vinhedos nas colinas de Cerro Divisadero, onde se pode identificar diferentes espécies de árvores nativas, arbustos e plantas enquanto admira as vistas deslumbrantes do Vale Apalta.

Mas é a gastronomia que tem um forte peso por aqui: o restaurante Fuegos de Apalta é assinado pelo chef argentino Francis Mallmann.

 

Veja também: Bruno van Enck no Deserto do Atacama: neve, (muitos) vinhos e pedido de casamento


3 – Domäne Wachau (Áustria)

as 10 melhores vinícolas do mundo

 

Com adegas de mais de 300 anos de idade e uvas colhidas lá mesmo, a vinícola Domäne Wachau é parada obrigatória para quem viaja para a Áustria e gosta de vinhos. Um passeio típico pela  leva cerca de uma hora e meia e passa pelas adegas barroca e subterrâneas. Termina, claro, com uma degustação que atende fãs de vários tipos da bebida – mas quem prefere Riesling e Grüner sai mais feliz.

As trilhas pelas vinhas à beira do penhasco e uma visita ao palácio Kellerschlössel também devem ser incluídos no seu roteiro.

2 – Bodega Garzón (Uruguai)

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Divulgação

Não é só o ótimo vinho uruguaio o destaque da Bodega Garzón, em Maldonado, próxima de Punta del Este. Eleita a melhor vinícola do mundo em 2018, não é à toa que ela continua entre as 10 melhores vinícolas do mundo. Aqui, o foco está na principal uva do Uruguai, a Tannat vermelha, mas também trabalha com outros tipos, como a Albariño branco galego.

Entre as atrações, atividades ao ar livre como caminhadas, hipismo, piqueniques entre as vinhas e até passeios de balão. Vale destacar o restaurante, desenvolvido pelo chef Francis Mallmann.


1 – Zuccardi Valle de Uco (Argentina)

 

zuccardi vinho

 

O primeiro lugar do Top 50 da World’s Best Vineyards vai para a Zuccardi Valle de Uco, que também venceu no ano passado e foi eleita a melhor vinícola da América do Sul. E a boa notícia? Está aqui pertinho da gente, em Mendoza, na Argentina.

Inaugurada em 2016, foi construída com rochas da vinha Piedra Infinita e água e areia do rio Tunuyán, o que já a torna interessante. O passeio começa na vinha, onde guias explicam em detalhes todo o trabalho que realizam para transformar as uvas em vinhos.

 

as 10 melhores vinícolas do mundo
Foto: Divulgação

Depois, os visitantes ainda podem aprender sobre o processo, ver os barris de perto e, claro, degustar a bebida. O passeio termina no restaurante Piedra Infinita Cocina, que conta com um menu sazonal de quatro pratos e vista para os Andes.

Foto do abre: Trevor Gerzen

Tagged , , , , , , , , ,