Fotografando comida: Rubens Kato dá dicas para fazer cliques bonitos (e sem deixar o prato esfriar)

 

Está cada vez mais difícil resistir ao clique quando o garçom traz um prato bonito para a mesa, né? Ainda mais durante viagens. Pensando nisso, convidamos o fotógrafo Rubens Kato (@kato78), especializado em gastronomia, para dar dicas de ouro sobre como fazer a foto certeira de um jeito bonito e rápido – afinal, mais importante do que o feed no Instagram, é não comer comida fria.

 

1) Luz é tudo na fotografia

Luz é tudo na fotografia - rubens kato dá dicas de como fotografar pratos

Uma luz suave, indireta, é perfeita. Procure uma mesa na janela que não bata sol ou uma fonte de luz que não seja em cima da mesa – prefira uma que venha da lateral. Anote: nunca, eu disse NUNCA, use o flash do celular pra foto. Ele só existe pra procurar a chave dentro da bolsa.

2) Procure ângulos diferentes

Apesar das fotos de cima sempre funcionarem, tirar foto na altura da mesa ou de um pedaço do prato também resolvem (uma dica: se você estiver usando um celular, vire de ponta cabeça para a lente ficar mais próxima da mesa). Para as fotos de cima, pense na composição: uma taça de vinho, um moedor, talheres e guardanapos deixam as fotos mais ricas.

rubens kato dá dicas de como fotografar pratos

3) Aproxime-se da comida

rubens kato dá dicas de como fotografar pratos

Mostre texturas e brilhos. Se o seu celular tiver zoom ótico, utilize. Ele vai te ajudar a não deixar sombra da sua mão e vai diminuir o campo de visão do fundo.

4) Humanize as fotos

Tente usar seus amigos para enriquecer as imagens. Uma mão passando um prato para outra, um brinde, uma garfada no prato alheio. Afinal de contas, comida é feita pra compartilhar 😉

rubens kato dá dicas de como fotografar pratos

5) Divirta-se, acima de tudo

Lembre-se: comida fria é horrível e você não quer deixar sua companhia esperando. É deselegante. Não enrole, tire a foto e guarde o celular. Aproveite esse momento.

 


rubens kato dá dicas de como fotografar pratos*Rubens Kato, formado em design, trabalhou por 17 anos como diretor de arte em agências como DPZ, W/Brasil, Fischer e Talent. Em 2011, começou a fotografar restaurantes, pratos, cocktails, viagens e o dia-a-dia dos mais diversos chefs do Brasil e do mundo. Além disso, trabalha com fotos para publicidade e criação de conteúdos para redes sociais como McDonalds, Coca-Cola, Uber Eats, Subway, Orfeu Cafés, Secretaria de turismo de San Francisco e Argentina, Revista da Gol e da Latam, Phaidon, entre outros.

Viajar bem pra mim é poder fazer o que eu quiser. É poder comer e viver a cultura local; ir a lugares que os locais frequentam; poder ir e vir para onde e a hora que eu quiser; e poder não fazer nada o dia inteiro se eu não quiser.


Leia outras dicas de fotografia da comunidade Além aqui.

Tagged , , , ,