8 dicas para não se perder na hora de organizar a viagem

Em outras palavras: não faça o John Travolta ao desembarcar no destino. É tranquilo organizar uma viagem.

Ninguém merece perder tempo ou se meter em furada em viagens por falta de organização. Chegar ao destino sem um cronograma fechado pode até ser interessante em algumas situações, mas ter uma noção mínima do que fazer e para onde ir sempre faz a diferença.

Aí vão algumas dicas para você não sofrer com perrengues bobos e aproveitar a viagem ao máximo!

 

1 – Reúna todas as informações sobre sua viagem

O primeiro passo para começar a organizar o seu roteiro de viagens é reunir todas a informações funcionais da sua viagem:

_Passagens aéreas;
_Reserva dos hotéis;
_Nome do local de aluguel do carro, assim como o comprovante de locação;
_Reservas feitas em restaurantes;
_Instruções para chegar ao hotel, locadora de carros e o aeroporto do seu destino para a viagem de retorno;
_Você também pode precisar de informações sobre o custo e o cronograma de transporte público ou fornecido pelo aeroporto, caso pretenda usá-lo para chegar ao hotel.

Faça uma lista com todas estas informações e salve todos os arquivos em um mesmo lugar, da maneira que seja mais eficiente para você, impresso ou digital. Nesta parte você já começa a visualizar a estrutura do seu roteiro de viagem, com as informações práticas da logística.

Um caderno sempre ajuda, mas se você for mais digital, existem alguns aplicativos que facilitam muito essa jornada, como o Trello, Todoist, o bom e velho Excel, Google Keep, etc.

 

2 – Pesquise! Muito!

Converse com amigos, conhecidos, faça buscas no Google, vá em livrarias, veja guias…

Se você quer tirar o máximo proveito de sua experiência da viagem você precisa começar pesquisando as coisas interessantes para fazer durante o período. Você é fascinado por história, cultura ou gastronomia do local? Você quer que sua viagem seja apenas sobre aventuras e baladas? Responda essas perguntas e faça uma pesquisa com foco nos seus interesses para criar o seu roteiro de viagens.

Pesquise também sobre “coisas únicas para fazer em …”, “alimentos tradicionais de …” e “melhor restaurante em …”. Nesta pesquisa tente não focar apenas na primeiras páginas do Google, pois nos resultados de outras páginas você pode encontrar mais histórias e blogs pessoais menos genéricos e que também oferecem uma perspectiva menos turística.

 

3 – Faça uma lista de tudo o que você deseja fazer durante a viagem

8 dicas de como organizar a viagem

 

Agora seu roteiro vai começar a “ganhar corpo”. Durante a sua pesquisa, liste exatamente tudo o que você deseja fazer, ainda que sua listinha fique grande.

Não esqueça de pesquisar eventos e feriados regionais, pois sua viagem pode coincidir com algum evento cultural interessante. O site da secretaria de turismo local também pode ser uma ótima fonte de informações. Outra dica é consultar se existe algum documentário interessante sobre o seu destino e assistir.

Com a lista aproximada pronta, faça uma pesquisa mais aprofundada sobre cada atração para determinar o que realmente deve ser mantido ou excluído. Fato: muito provavelmente você não conseguirá ver e fazer tudo. Portanto, coloque um asterisco nos itens que são suas prioridades ao organizar a viagem.

Com a listinha pronta, é hora de fazer uma estimativa de tempo! Planeje bem o tempo em que você ficará em cada atração, lembrando que alguns passeios, como grandes museus, por exemplo, podem durar o dia todo. E também deixe alguns espaços para algumas oportunidades inesperadas que possam surgir – isso sempre acontece!

 

4 – Trace a rota de todos os lugares que você vai visitar

Essa etapa vai evitar que você passe horas em um quarto de hotel tentando fazer a logística para os lugares que você pretende visitar no dia.

Marque todos os lugares que você pretende visitar e em seguida verifique qual é a rota de deslocamento de um ponto para outro que permitirá que você aproveite o máximo do seu tempo.

Alguns aplicativo como o Google Trips, Sygic Travel Maps ou o MAPS.ME podem te ajudar com este roteiro de forma digital e facilitar a sua vida. Você pode, por exemplo, criar um mapa do Google com pinos em todos os locais que deseja visitar durante o dia.

Além dos mapas dos locais que você pretende visitar, pesquise sobre os horários de serviços de transporte que você utilizará usar, se for o caso.

5 – Crie um calendário para organizar a viagem

Agora faça um calendário para cada dia da sua viagem. Você pode fazer isso em um formato de lista simples ou criar uma tabela. Neste momento, confira se na sua lista de coisas para fazer existe certas atividades ou atrações que precisam ser feitos em dias específicos devido a horário de funcionamento ou disponibilidade de reserva, por exemplo. Então coloque tudo em um calendário no dia e horário em que você pretende realizar.

Se tiver horas livres em alguma data, tente inserir alguma programação local e utilize os asteriscos marcados na sua listinha para priorizar. Aqui, não coloque horário específico. Desta forma, você terá muitas opções sobre o que fazer na região em que você estará, sem ter que ser rigoroso quanto ao tempo.

6 – Seja flexível

Fazer um roteiro de viagem vai tornar sua viagem muito mais produtiva, mas a ideia de uma viagem é também poder flexibilizar as coisas do dia a dia e curtir o momento ao máximo.

Se durante a viagem você decidir que precisa de uma folga ou se decidir explorar algum outro lugar que não estava planejado, faça isso! O roteiro de viagem deve ser apenas um guia para dar um pouco mais de estrutura para a sua viagem, mas você flexibilizar este itinerário também não é um problema.

Além disso, você pode contar com alguns imprevistos no caminho: vôos perdidos ou atrasados, alguma atração pode não acontecer por conta do tempo ou você pode ter a reserva de alguns restaurante cancelada por “n” motivos que te obriguem a fazer isso.

Lembre-se que independe da situação, sempre terá alguma outra atração também incrível para você considerar na hora de flexibilizar seu roteiro de viagem. Esteja aberto a possíveis mudanças e aproveite para consultar os moradores locais sobre outros lugares para comer ou alguma atração regional que seja interessante.

7 – Seja realista

Este ponto é super importante na hora de organizar uma viagem: seja realista no planejamento do seu roteiro. Não espere pousar na Europa depois de doze horas de viagem, por exemplo, e já seguir rumo ao seu primeiro programa. Respeite seu limite físico e deixe espaço para refeições, sono, jetlag e descanso.

8 – Fique de olho na organização da mala

Pesquise sobre as condições climáticas do local de acordo com a época do ano da sua viagem e se atente a quantidade e tipo de roupa que você vai precisar de acordo com as atividades que pretende realizar.

Aqui nesse post damos 8 dicas valiosas para arrumar a mala. Vai viajar no inverno? Confira também nosso post sobre o que levar na mala de inverno para 1 semana.

 

CabineCheck-in M e Check-in G: conheça nossa linha de malas cheias de funcionalidades!

malas Além


Quer mais dicas para viajar bem? Explore os outros posts do guia além 🙂

Tagged , ,